Inspirações diárias: moda, cinema, literatura e o que mais der vontade!

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Filhos da Esperança


O que seria de um mundo sem crianças???

Triste?

Muito mais que isso. Seria um mundo sem futuro, fadado ao desaparecimento da raça humana em cerca de um século.

Esta é a temática de "Filhos da Esperança". O filme conta com Julianne Moore e Clive Owen. Assisti dia desses na tv e fiquei refletindo um pouco. É um filme sobre o fim do mundo, mas sem meteoros gigantes colidindo com a terra e muito menos com bombardeios alienígenas.

A proximidade do fim da humanidade torna-se evidente com o aumento da infertilidade das mulheres, que como uma epidemia, alastra-se de tal forma que em alguns anos não há mais mulheres capazes de engravidar. Pesquisas não encontram os verdadeiros motivos e como resultado, temos o caos instalado. Afinal, para que manter a sociedade como a conhecemos? Ou melhor, para quem, se em algum tempo, não haverá mais um ser humano vivo? De que adiantarão escolas, centros de pesquisas, as instituições como um todo, se nossa história se perderá no tempo?

Até que a esperança surge através de uma jovem.

Quando nos deliciamos com um sorriso de uma criança, não é apenas a doçura que devemos enxergar, é também a razão do funcionamento de toda a nossa sociedade, de acordarmos todos os dias para trabalhar, de planejarmos um futuro e construirmos coisas que as próximas gerações aproveitarão. Tudo isso só ocorre porque temos certeza de que eles estarão lá, nas próximas gerações, nas seguintes, e assim por diante.

Por isso me pergunto: Como pode haver tanta imprudência no mundo e despreocupação com as gerações futuras, se sem elas nossa vida como a conhecemos não existiria?

Nenhum comentário:

Postar um comentário