Inspirações diárias: moda, cinema, literatura e o que mais der vontade!

sábado, 14 de março de 2009

Ensaios - A pequena escritora

Por volta dos oito anos eu era uma menina tímida, calada e que adorava escrever.
Escrevia poesias, pequenos textos e sonhava compilá-los em um livro. Meus rascunhos soltos ficavam guardados com carinho, até, tempos depois, eu esquecê-los completamente em algum canto. Lembro-me de tê-los vistos mais uma vez nas mãos de minha mãe, não sei se ela ainda os guarda.
Sim, houve um tempo em que eu queria ser escritora.
Sempre gostei de escrever. Na escola, cheguei a escrever duas peças para o teatro. Lembro também de dois livros que participaram da "Semana do Livro". Enquanto para os outros alunos aquilo era mera obrigação, a mim fascinava o mundo dos livros. Escrevi o primeiro, "Vale do Encantos", por motivação própria, e entreguei à professora para que corrigisse. O segundo, "Setembro", foi trabalho de escola, mas não menos prazeroso.
Nessa mesma época descobri o mundo da leitura. O universo de Monteiro Lobato me encantou quando li "Reinações de Narizinho".
Sensação aquela que nunca mais outra leitura me proporcionou. Era um mundo novo que se descortinava.

Nenhum comentário:

Postar um comentário