Inspirações diárias: moda, cinema, literatura e o que mais der vontade!

segunda-feira, 30 de março de 2009

Costa do descobrimento - o primeiro vilarejo



De cima para baixo - mapa do centro histórico, vista dos recifes, rua da Vila ainda hoje habitada e o marco do descobrimento, trazido pelos portugueses para cá em 1503.

Passear pela cidade histórica de Porto Seguro, sul da Bahia, é uma volta ao tempo, principalmente em períodos fora da grande temporada, quando pode-se andar calmamente por ruazinhas pacatas, admirar as casinhas coloridas, a igreja mais antiga do Brasil ainda de pé e tentar avistar do alto os recifes de corais, proteção natural, que mais parece uma barreira feita pelo homem, com os olhos de Cabral e contemporâneos.
Ou tentar imaginar-se nativo, indígena, diante do primeiro contato com o homem branco e seus grandes barcos...

"...velejando nós pela costa, na distância de dez léguas do sítio onde tínhamos levantado ferro, acharam os ditos navios pequenos um recife com um porto dentro, muito bom e muito seguro, com uma mui larga entrada. E meteram-se dentro e amainaram. E as naus foram-se chegando, atrás deles. E um pouco antes de sol-posto amainaram também, talvez a uma légua do recife, e ancoraram a onze braças. "
O fato é que ali, naquele Porto Seguro, tal qual descreve o trecho da carta de Caminha acima, surgiu a primeira vila brasileira. Marco do início de nossa civilização, bem sabemos que com ela iniciou-se uma cultura de exploração ao longo dos séculos seguintes e que civilizar era objetivo secundário. Porém foi naquele momento que o Brasil passou a existir para o restante do mundo e pôde ser incluido em um mapa pela primeira vez. Então renasceu esta terra , e muito do que se via hoje não se vê mais. A nós, resta imaginar, sentir, porque à terra de Vera Cruz que os portugueses conheceram como tal não nos foi dado o privilégio de assistir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário